O Que Pode Levar Um Aluno a Perde o FIES?

Hoje, há muitos estudantes que se beneficiam do financiamento estudantil do FIES em prol de garantir o seu curso de nível superior em uma instituição bem avaliada pelo MEC. O que muita gente não sabe é que durante a realização do curso, o estudante precisa manter um certo padrão de desempenho. Está pretendendo concorrer ou já se utiliza do financiamento do FIES? Então continue lendo e confira o que pode levar um aluno a perder o beneficio.

O que é o programa?

Criado em 1999 e sendo uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), o FIES oferece subsidio para que os alunos de baixa renda possam se profissionalizar, As taxas de juros do financiamento são as mais baixas do mercado e o aluno só deve começar a pagar depois que concluir seu curso, ou seja, quando provavelmente já estiver atuando em sua área.

O que pode levar um aluno a perder o FIES?

Como qualquer programa, é preciso estar em situação regular com os requerimentos sugeridos. Confira abaixo, algumas situações que podem levar você a perder o seu financiamento estudantil:
  • Rendimento baixo. É preciso que o aluno tenha um rendimento de, pelo menos, 75% de cada matéria. A CPSA pode até considerar dois semestres de baixo rendimento mediante justificativa plausível, mas a partir do terceiro, as mensalidades ficam por conta do aluno;
  • Mudança de curso ou habilitação. No caso de troca de curso ou habilitação por mais de uma vez ou de troca depois de  18 meses do início do uso do programa, você pode perder o seu subsidio;
  • Aditamento. O aditamento Fies representa a renovação do contrato de financiamento e ele deve ser realizado todo semestre. Não realizar o aditamento ou não finalizar o processo da declaração é um erro grave;
  • Trancar ou abandonar sua matrícula. Nas duas situações, se você não suspender o benefício antes de trancar ou abandonar sua matricula você perde o seu financiamento.

Como solicitar o financiamento?

Para solicitar o seu subsídio, é preciso antes se inscrever no programa. O Fies abre inscrição duas vezes por ano, geralmente no começo do primeiro semestre e no começo do segundo. Você precisará criar um login com suas informações e senha no Sistema de Seleção do programa. Em seguida, você deverá validar sua inscrição abrindo o e-mail que receberá do sistema.



Se você for pré-selecionado, será necessário que você conclua sua inscrição mediante apresentação de documentos e comprovação de renda. Aguarde o período de inscrição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carro ou Moto: Saiba como escolher o ideal para você

Como funciona o PRONATEC? Tire dúvidas!

7 Livros infantis para crianças lerem